TRT manda conferir se rodoviários cumprem decisão durante greve no DF
03/05/2021 12:21 em Novidades

Nota pública

O ato dos trabalhadores rodoviários no dia de hoje está acontecendo semnenhuma intercorrência. A totalidade dos trabalhadores aderiram. Nenhum veículosaiu das garagens. No dia de amanhã, o serviço de transporte público estarátotalmente reestabelecido.A partir de amanhã, a direção vai discutir os próximos passos. Não há nenhumnovo ato programado, mas não está descartado que ocorra. Isso vai depender daposição do GDF.A paralização dos trabalhadores foi motivada porque o GDF mudou promessafeita à categoria que a incluía no calendário de vacinação prioritariamente. Após esteanúncio, o GDF alterou o discurso e passou a informar que somente após vacinar asforças de segurança e professores, os trabalhadores do transporte entrariam na fila.Ocorre que, com a falta de vacinas, isso só viria a ocorrer dentro de longo prazo. Adireção do sindicato entende que a categoria tem grau muito elevado de exposição eauto índice de contaminação, e por esta razão, tentou modificar o entendimento doGDF, mas sem sucesso.Em reunião, o secretário de saúde, Osnei Okumoto, alegou que não seriapossível a vacinação da categoria em regime de prioridade, mesmo que houvessevacina, isso porque, segundo ele, os trabalhadores rodoviários não estão no calendárionacional na ordem de prioridade, o que, o impediria de fazer a imunização, mesmoque dispusesse de quantitativo.O que a direção tenta junto ao GDF é a destinação de quantitativo de vacinaspara a categoria de forma a fazer a imunização gradativa, assim como já acontece comoutros grupos considerados prioritários.

COMENTÁRIOS