Policiais militares que agrediram caminhoneiro na RJ-158 são indiciados
30/07/2020 23:39 em Novidades

Os dois policiais militares envolvidos no caso de agressão a um caminhoneiro no início deste mês na RJ-158, em Itaocara, no Noroeste Fluminense, foram indiciados pela Polícia Civil. O inquérito foi concluído nesta quinta-feira (30) e encaminhado para a 6ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar.

 

Os policiais devem responder pelos crimes de lesão corporal leve e violência arbitrária. Somadas, as penas podem chegar a quatro anos de prisão.

 

"Além disso, a Polícia Civil representou também, medidas cautelares diversas à prisão, como por exemplo, que esses policiais militares sejam proibidos de manter contatos com a vítima e seus familiares, bem como uma testemunha específica", explicou o delegado da 135ª DP em Itaocara, Rodrigo Maia.

 

Ainda de acordo com o delegado, o policial que estava trabalhando próximo ao local e não interveio na situação também terá o caso encaminhado para 6ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar.

 

"Para que se possa apurar e responsabilizar o policial militar que estava de serviço no dia das agressões e nada fez para impedi-las", disse Rodrigo Maia.

 

O caso seria encaminhado ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) para que fosse julgado, mas a 6ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar avaliou que os policiais utilizaram o fato de serem policiais para coagir o caminhoneiro e, por isso, o caso deve ser julgado pela Justiça Militar.

COMENTÁRIOS