Motoristas de ônibus de Caraguá entram em greve por tempo indeterminado
06/11/2018 08:50 em Novidades

Os motoristas de ônibus da Praiamar, concessionária do serviço de transportes de passageiros em Caraguatatuba, entraram em greve nesta segunda-feira (5). Por determinação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região, estão circulando 60% dos veículos. 

 

 Cerca de 80 trabalhadores atuam no transporte público de Caraguatatuba e a frota tem 46 linhas

 

A greve foi deflagrada após impasse nas negociações do reajuste salarial.  Os trabalhadores reivindicam reajuste de 22%, vale-alimentação de R$ 500 e Participação de Lucros e Resultados (PLR) de R$ 600. A empresa ofereceu o Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC) de 1,69% no período. 

 

Segundo o Sindicato dos Motoristas, Trabalhadores nas Empresas de Transportes de Passageiros Urbanos, base Litoral Norte (Sttruca), a empresa estaria obrigando alguns funcionários a dobrarem a escala de trabalho para cobrir os trabalhadores que estão parados. 

 

O diretor-presidente do sindicato, Francisco Israel, disse que motoristas que deixaram o posto por volta da 1h30 foram chamados pela Praiamar para assumirem os ônibus. “Estão colocando motoristas mais novos para dobrar a jornada”. 

 

A informação foi negada pelo administrador da empresa, Nervile Caetano de Oliveira, que afirmou ‘caber ao sindicato provar que estão fazendo usando desse expediente. Ainda de acordo com ele, pneus de alguns veículos foram furados e tiveram o bico cortado para não saírem da garagem. 

 

“Estamos com a frota nas ruas para atender a comunidade e para resolver essa pendência com a maior brevidade oferecemos reajuste de 4% para os trabalhadores”. 

 

A Praiamar alega não repassar o índice pedido pelo sindicato porque o reajuste da passagem não é feito há 36 meses. Atualmente, a tarifa é de R$ 3,80.

 

Usuários

 

Nos pontos de ônibus da cidade não há muito movimento de usuários. Sabendo da possibilidade de greve, Sandra Maria Oliveira, 32 anos, saiu mais cedo de casa para trabalhar. Mesmo com o tempo nublado e chuvoso, a opção de Maria Januário Castro, 42 anos, foi usar a bicicleta. “Achei melhor não arriscar e perder a hora”, disse. 

 

 

Prefeitura

 

A Prefeitura de Caraguatatuba informou que desde as 4h acompanha o movimento grevista e que a equipe da Secretaria de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão tem circulado em diversos pontos da cidade fiscalizando se a determinação da Justiça está sendo cumprida.

 

De acordo com a secretaria, foram identificadas ocorrências de esvaziamento de pneus em alguns ônibus para que os mesmos não pudessem circular. As autoridades policiais foram acionadas para providências.

 

A administração finalizou informando que a negociação salarial da empresa com seus motoristas não tem reflexo direto nas negociações tarifárias.

COMENTÁRIOS