Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Pesquisa mostra que 15% dos passageiros de Rio Preto não pagam passagem
08/11/2018 15:25 em Novidades

Levantamento do consórcio Riopretrans, responsável pelo transporte público em Rio Preto e formado por Itamarati e Santa Luzia, mostra que diariamente 15,85% dos passageiros (ou 16.444 pessoas) que utilizam a circular não pagam passagem, ou seja, são beneficiados pela gratuidade. Os dados foram registrados no primeiro dia em que todos os usuários começaram a entrar pela porta da frente dos veículos, nos pontos fora do Terminal Urbano, passando pela catraca.

 

A nova norma determina que até idosos e gestantes a partir de três meses utilizem a catraca. O objetivo da mudança é diminuir o risco de acidentes na subida de novos passageiros nos veículos. Pela porta central ou do fundo, o motorista pode não conseguir ver alguém subindo e acelerar o ônibus.

 

De acordo com a pesquisa, ao todo, 103.768 passageiros passaram pelas catracas no primeiro dia. Com a nova mudança implantada, onde os motoristas acionam um botão para liberar a catraca para os usuários que não precisam pagar, as empresas esperam aumentar a segurança de passageiros e motoristas.

 

Segundo a lei nº 11.437 de 13 de janeiro de 2014, são considerados beneficiários com permissão para entrar pela porta traseira usuários com deficiência física, mobilidade reduzida (toda pessoa que, de forma permanente ou temporária, possua dificuldades de locomoção no interior dos transportes coletivos), obesos que não tenham passagem confortável pelos obstáculos, gestantes a partir do terceiro mês e acompanhantes de pessoas com deficiência.

 

A estimativa da Secretaria do Trânsito é de que 2,1 milhões de passageiros utilizem, por mês, o transporte público.

COMENTÁRIOS